E assim foi You Me At six no Paradise Garage

Rock ao estilo inglês marcou a noite de 8 de Março no Paradise Garage, com o concerto da banda britânica You Me At Six e com os Portugueses Zanibar Aliens a fazer as honras à casa.

É dito que há terceira é de vez e foi. Não só foi a terceira vez que por cá estiveram como foi a primeira em nome próprio. A banda do Reino Unido apresenta agora seu último trabalho de estúdio Night People e desta vez sem se esquecerem de passar por Portugal.

Zanibar Aliens foram a banda escolhida para o inicio da noite e que nos fizeram transporta para sonoridade de Led Zeppelin, se fechássemos os olhos éramos simplesmente transportados para o The Fillmore em São Francisco durante a década de 70.

dsc_0032
dsc_0076
dsc_0043

Foram cerca de três anos sem ter estes meninos por cá e que falta já nos faziam – pelo menos falo por mim – embora o concerto não tivesse com lotação esgotada não foi impedimento para o público presente se fazer ouvir com todas as musicas na ponta da língua, mostrando e quase dizendo BEM-VINDOS DE VOLTA.

O relógio marcava 22h em ponto e os You Me At Six como bons ingleses foram pontuais e como já era de se esperar o concerto passou por êxitos do ultimo álbum como “Give” ou Take On The World” mas também teve surpresas como muitas musicas antigas como é caso de ‘’ The Swarm” (musica escrita para a montanha russa com o mesmo nome no Thorpe Park, Inglaterra), “Underdog” ou “Reckless” e mesmo “Stay With Me”. Por ter sido dia da mulher, Josh Franceschi felicitou todas as mulheres dizendo «behind a good man there’s an even better woman» , felicitou os campeões europeus e também houve tempo para um pequeno mosh.

A noite acabou com um encore de três músicas que para além de ter sido bom soube a pouco para toda a plateia que ansiava o regresso de You Me At Six. Mas com possibilidade da passagem do grupo britânico em Portugal em Julho no Nos Alive torna tudo muito mais agradável a todos que esperam para os ter por cá.

 

Fotos disponíveis aqui 🙂

 

Texto: Vítor Cavalheiro || Fotografias: Catarina Pereira